10 %

O Cais das Merendas

€16,92 /un Price reduced from €18,80 /un to
€16,92 /un

Desconto Imediato: 10%

Pretende oferecer este livro? Aproveite a oferta do embrulho. Selecione aqui o respetivo saco.

"O Cais das Merendas" desenvolve-se em torno dos temas da identidade e da aculturação. Estamos perante uma narrativa poética, teatralizada, em que as personagens rurais, confrontadas com o mundo exterior, dão testemunho da sua intimidade, medos e desejos mais profundos.


Onde se lê promoção na frase abaixo, deverá ler-se fixação de preço dentro dos limites permitidos pelo regime do preço fixo do livro.

Promoção válida de 01/02/2024 a 01/05/2024

Dimensões:

15,5 x 23,5 x 2,2cm

Autor:

Lídia Jorge

Sobre o Autor:

Lídia Jorge estreou-se com a publicação de "O Dia dos Prodígios" (1980), um dos livros mais emblemáticos da literatura portuguesa pós-revolução. Desde então tem publicado obras nas áreas do romance, conto, ensaio, teatro, crónica e poesia. Os seus textos têm sido adaptados para teatro, televisão e cinema e têm sido distinguidos com os principais prémios literários nacionais, sendo o mais recente o Prémio Vida Literária Vítor Aguiar e Silva (2023). De entre os seus livros destacam-se "A Costa dos Murmúrios", "O Vale da Paixão", "O Vento Assobiando nas Gruas", "Os Memoráveis" e "Estuário". Amplamente traduzida e publicada no estrangeiro, entre os prémios internacionais que recebeu contam-se o Prémio ALBATROS da Fundação Günter Grass e o Prémio FIL de Literatura em Línguas Românicas de Guadalajara. "Misericórdia" (2022) é o seu mais recente romance.

Sinopse:

A acção desenrola-se à beira-mar, numa praia do Sul de Portugal, girando as figuras em torno de um polo central: o Hotel Alguergue. Ocupado durante a época alta por turistas de várias nacionalidades, o hotel fica completamente despovoado durante os meses de Inverno. É então que os naturais da zona, esquecidos dos seus hábitos, precisam de se embriagar para voltarem a usar a sua língua materna e recitarem em voz alta as histórias tradicionais do seu país. Figuras como Rosarinho, Pai Patroços, Miss Laura ou Sebastião Guerreiro, que vemos desfilar durante esses parties interpretam a hesitação de uma comunidade dividida entre o desejo de se modernizar e o de manter o que de si mesma entende por próprio e genuíno.

"No momento em que Portugal abandonava as últimas ilusões épicas e o mundo nos descobria como paraíso turístico, Lídia Jorge, cronista minuciosa e irónica da metamorfose do nosso secular cais das merendas, em vitrina cosmopolita, inventou-nos uma singular epopeia", segundo Eduardo Lourenço.

Língua:

Português

Capa:

Capa Mole

Temática:

Romance

Editora:

Dom Quixote

Data de Lançamento:

Junho 2023

Nº de Páginas:

328

ISBN:

9789722077163